voce_sabia_templo_triade-espirito_sexo_fator_polaridade_umbanda_uniersalista

Os espíritos não tem sexo, mas são fatorados em uma polaridade que pode ser macho ou fêmea.

Você Sabia?

O nome dessas polaridades depende da linha esotérica que se estude, elas são chamadas de macho e fêmea, Ying e Yang, positivo e negativo dentre outras nomenclaturas. Mas é importante não confundir a polaridade do espírito com o sexo no qual ele encarna, são duas coisas diferentes.

Existe um longo processo entre o momento em que a centelha (espírito) é emanada de Deus e o momento em que ela começa a encarnar em um planeta como a Terra na forma humana. Nesse processo o espírito é fatorado, ou seja, ele recebe sua polaridade e é irradiado por um Orixá específico, chamado Orixá Ancestral. A polaridade e o Orixá Ancestral serão sempre os mesmos em todas as encarnações do espírito.

O conceito neste caso é simples: Um espírito de polaridade macho terá um Orixá Ancestral também masculino, já o de polaridade fêmea terá seu Orixá Ancestral também feminino (lembrando que consideramos sete Tronos, tendo cada um deles um Orixá masculino e um feminino que se complementam, totalizando assim 14 Orixás).

Como a polaridade do espírito e o sexo do corpo físico são coisas diferentes, um espírito de polaridade fêmea pode encarnar em um corpo masculino (um corpo de homem, propriamente dito), da mesma forma como um espírito de polaridade macho pode encarnar num corpo feminino (um corpo de mulher), esse fenômeno é totalmente normal e depende primordialmente do planejamento reencarnatório do espírito. Esse processo na maioria das vezes é responsável pelo sentimento de “nasci no corpo errado” que algumas pessoas apresentam, mas se este é o seu caso, procure aceitar o fato e passe a encarar a situação como uma oportunidade de aprendizado e evolução, este é seu planejamento reencarnatório.

As polaridades que tratamos neste artigo são opostas e complementares (+ e -), e sabemos que elas se atraem. No âmbito dos relacionamentos, é perfeitamente comum acharmos casais heterossexuais onde na verdade o homem é um espirito fêmea e a mulher um espirito macho. Esse mesmo mecanismo explica também a grande maioria dos casos de homossexualidade, onde o espírito se relaciona naturalmente com um outro de polaridade oposta, mesmo que na carne os dois possuam o mesmo sexo.

Texto por Templo Escola Tríade – Nossa Umbanda

Adaptado da série: Alma Gêmea, Chama Gêmea e Contraparte Espiritual (Amasofismo)

Gostou do artigo? Por favor, curta nossa página e compartilhe com os amigos. =D

http://facebook.com/temploescolatriade