Pai Joaquim de Angola

Canalização do Pai Joaquim de Angola por Fernando Parada, em 24/10/13. Texto original sem correções.

Uma palavra de alento aos amigos da Templo Escola Tríade – Nossa Umbanda e a todos apaixonados pela nossa querida Umbanda!

Meus fio… A simpricidade é a chave pra entrá na casa de Deus nosso Sinhô. Muito oro e prata num refrete a a expansão de Deus… Pra entrá na Umbanda, carece de tirá as chinela. Mas num é por causa da limpeza da casa, mas porque o sapato ostentoso é muito oro pro chão batido de uma tapera…é mais fácil encontrá um anjo de Deus, dentro de uma tapera de um nego, que dentro de um palácio de oro. Não se leva oro pro mundo do espírito, A taperinha da simpricidade.. e a pobreza da sombra da minha parrera tomén tem luz.. Mas minha tapera é mais alumiada pelo candarô de luz da alma de cada um…A Umbanda no futuro nun vai carecê de vela pra alumiá.. Porque a luz de ocêis, vai sê o lume do nosso pequeno artá…
Nego traiz os óio cheio d’água de alegria e felicidade, de vê a corage que oceis, tão jovem na carne tão tendo, de defendê o estandarte da luz da Umbanda,, Meu fío, vem abraçá esse nego..Minha fia, vem deixá esse nego tocá os seus pé, pra humirdemente agradecê a sua atenção e a sua intenção de tirá a intolerãncia do coração dos intolerante. Vamu trabaiá, e na caridade do conseio de uns nego véio, vamu construí um templo alicerçado e aprumado com a maió ferramente do mundo,, que é o amô ao semelhante…
Deus vos firme, Deus vos guie..

Joaquim de Angola